Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

29
Out14

A Melhor e Mais Feia Árvore de Natal - Parte I

Maria das Palavras

No ano passado até se pode dizer que já morávamos juntos, mas não tínhamos a "nossa" casa. Ele já passava lá todo o seu tempo e tudo o que era seu já me ocupava o armário, as gavetas, o coração, enfim. Já chegávamos a casa do trabalho para os braços um do outro. Mas não tínhamos a "nossa casa".


Não quis fazer árvore de Natal naquela que não era a "nossa" casa. Ninguém ia passar lá o Natal e aquele era um espaço que eu ocupava há muito tempo mas que não tinha tido nunca o significado de família (que para mim é sinónimo da época que se aproxima).
Ele e a minha irmã espernearam, mas não havia nada a fazer: a casa não era nossa, era minha. Eu não sentia Natal naquela casa e portanto ali não haveria uma árvore.


No entanto, comprámos um enfeite. Nós os dois, entre tantas peças bonitas no Gato Preto, escolhemos um que teria como destino a nossa primeira Árvore de Natal, na nossa primeira casa. Essa casa que era um plano e hoje é uma realidade (não digam ao senhorio que eu disse que a casa era nossa).

Enfeite de Natal - Loja do Gato Preto

Pedimos para embrulhar. Confesso que já nem me lembro que enfeite era, ao que se parece. Hei-de descobrir no dia em que tirarmos um bocadinho para fazer a árvore, algures no próximo mês se é uma estrela, uma rena ou um boneco de neve...ou nada disso (aceitam-se apostas).

Depois há outro problema. Nesta altura toda a gente se esgatanha para ter a árvore mais bonita (leia-se a que terá mais likes no facebook). A mais dourada, mais vistosa, maior, mais hipster-chic ou glamour-classic. E eu odeio ir em modas...

(continua)

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria das Palavras 29.10.2014

    Eu também estive para deixar de acreditar em contos de fadas e amores no geral. Também achava que havia histórias e sentimentos que eram exclusivo dos livros e filmes. Um dia faz-se magia. A pessoa certa nem sempre vem na hora que nos parece certa. Mas vem. Sei que sim. E é preciso afastar o joio para nessa hora certa vermos o trigo, por assim dizer. É preciso continuarmos a gostar de nós mais do que ninguém, para estarmos prontas a reconhecer e viver o amor tal como ele é, em bom :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Seguir no SAPO

    foto do autor

    Passatempos

    Ativos

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O meu mai'novo

    Escrevo pr'áqui







    blogging.pt

    Recomendado pela Zankyou

    Blogs Portugal

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    subscrever feeds