Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

02
Out14

Amar sem Rede

Maria das Palavras

Isto de se gostar de alguém tem que se lhe diga.

Gostar - entenda-se - de dentro para fora. Daquele tipo de sentimento que deixa de ser importante definir: dizer se é amor ou se é paixão e o que difere entre os dois. Está lá, é inegável e muda-nos para melhor. É só o que precisamos saber.


Alguém - entenda-se - que não nos é nada. Que não é um amigo de há muito tempo, não tem laços de sangue conosco, não nos salvou a vida num incêndio. É mais uma das centenas de pessoas com quem nos vamos cruzando e que de repente ultrapassa tantos nomes na lista de contactos que já lá moravam há uma eternidade.


A partir daí é um exercício complicado. Requer agillidade e prática. Mete medo estar lá em cima na corda, no trapézio: a sensação é inigualável, mas a queda é dura e mete-nos medo.

Mas se nos concentrarmos na queda - se pensarmos que temos de ter ali uma rede para nos aparar, não saboreamos a totalidade dessa elevação de espírito. Não saltamos mais alto ainda. Um dia até deixamos de saltar de todo, só a olhar para o que está em baixo, ou ficamos agarrados ao chão (se não sairmos de lá nunca caímos, não é?).

Quando é amor nós sabemos. E nessa altura vale a pena esquecer seletivamente a distância a que se está do chão. 
Amar com trampolim. E sem rede.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria das Palavras 03.10.2014

    Há-de haver por aí uma escada talvez? Para fazer um "upa, para cima" :)
    Obrigada, obrigada, obrigada.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Seguir no SAPO

    foto do autor

    Passatempos

    Ativos

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O meu mai'novo

    Escrevo pr'áqui







    blogging.pt

    Recomendado pela Zankyou

    Blogs Portugal

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D

    subscrever feeds