Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

15
Out14

Cinema Mudo

Maria das Palavras

Calam-se as palavras porque naquele momento ela disse tudo. Tudo o que não podias ser dito.
Ele tira os braço que até aí lhe afagava a barriga e fica muito direito no sofá. A legenda diz “ele ficou chateado”.
Depois de longos minutos a repetir silêncios ele levanta-se e sai da sala. A legenda diz “ele vai-se deitar”. Eles vão sempre dormir juntos, mesmo que um não esteja cansada o suficiente, por isso a legenda que ela lê também diz “fiz merda”.

 

Demora menos de meio minuto a segui-lo, lavar os dentes e dirigir-se ao quarto. Mas ao chegar ele já está como se dormisse, tudo apagado. Excepto pelo enorme balão de pensamento por cima da cabeça dele que diz “agora não”.

 

Ela deita-se e abraça-se a ele como quem diz “não quero saber, és meu”. E ele mexe-se muito, o balão de pensamento não se apaga “agora não”.
Ela chora, em cada lágrima um “desculpa” e afasta-se.
A noite passa. O balão de pensamento desvanece-se enquanto ele adormece e ela de olhos muito abertos vê tudo a acontecer.

 

Num instante o telemóvel vibra, dizendo “acorda”. É para ele que fala. Levanta-se num pulo e na legenda lê-se que há pressa. Ela continua com os olhos muito abertos.
Ao fim de um tempo, ele vem vestido e cheiroso ao quarto escuro onde ela tem s olhos muito abertos e beija-lhe o vabelo. Na legenda lemos “ainda te amo”. E ela adormece finalmente, por um bocadinho. Afinal continua a ser um filme de amor.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

subscrever feeds