Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

12
Jul17

Como acertar quando se erra

Maria das Palavras

Se até as máquinas cometem erros, não podemos exigir que os humanos não o façam. E por trás das empresas e das marcas estão humanos.

Quando por graça, publiquei este post sobre os porcos que dão lã, muitos riram, outros apontaram o dedo. De facto não é uma falha bonita. Um livro para crianças onde texto e imagem trocados põem um pintainho a relinchar e que está nas bancas é um erro. 

Isso: um erro. Todos erramos. E eis como nos podemos distinguir: na forma como lidamos com isso. Como nos corrigimos, desculpamos e fazemos os possíveis para não prejudicar ninguém depois da falha. No caso de uma marca isso é ainda mais flagrante. Quando a gráfica se enganou, e apesar de a edição ter sido corrigida e lançada correta para o mercado, ainda assim houve alguns exemplares que escaparam - e a minha amiga cheia de pontaria sacou um. 

 

Mas a marca ficou atenta. E assim que eu publiquei um post sobre isso recebi um email onde nem por sombras me pediram para censurar o que tinha escrito, mas assumiram a situação, explicaram-me o que tinha acontecido e como estava corrigido. Disseram-me que podia informar que quem tivesse exemplares errados podia contactar a editora para ter um livro correto. E enviaram a pronto um à minha amiga (que já o tem nas mãos - ou melhor, tem a gaiata linda dela). 

E apeteceu-me voltar a tocar no assunto, porque queria lembrar que às vezes damos um passo atrás para dar dois passos à frente. Que errar é uma oportunidade de corrigir. Saber falhar também é uma virtude do caraças. Vamos todos errar melhor?

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Sofia 18.07.2017

    O problema é que há muitos que se julgam como na anedota que termina assim:
    "-Quem nunca errou que atire a 1ª pedra...!
    Houve um que atirou a pedra e:
    -Tu nunca erraste?!
    -A esta distância não!!"
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Seguir no SAPO

    foto do autor

    Passatempos

    Ativos

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O meu mai'novo

    Escrevo pr'áqui







    blogging.pt

    Recomendado pela Zankyou

    Blogs Portugal

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    subscrever feeds