Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

26
Nov18

Querida, embebedei o cão.

Maria das Palavras

Dachshund - Imagem UnSplash


O meu pai foi à mata apanhar medronhos. Não sei se é um conceito estranho para pessoal das cidades grandes, mas o pessoal das terras vai à mata buscar coisas.  Levou o cãozito da família, um salsicha meets vira-lata que já não é cachorro mas tem energia de peta-zeta embutida em cada pelo e adora andar a passear e saltitar (e fazer asneiras em geral). 

A dado momento o meu pai, que andava entretido na sua tarefa, reparou que o cão já não andava a correr que nem um parolo de árvore em arbusto. Estava muito sossegado a roer um medronho que estaria caído no chão. Ora, o medronho é uma fruta. Mas é uma fruta com teor alcoólico. Pelo que quando o meu pai o chamou e ele o olhou de volta com os olhos muito pequeninos, como se o tentasse focar, o meu pai percebeu que o cão tinha comido muito mais que um medronho. 

Daí para a frente foi o festival típico de um fim de noite no Cais do Sodré. Uivava, como nunca se tinha ouvido, como um bêbado a cantar o fado. Andava torcido, como o Vasco Santana menos o candeeiro. O meu pai levou-o ao carro, onde ele aproveitou para dar um forro novo aos estofos (se é que me entendem). E quando chegaram a casa, o meu pai jura que só visto, nunca contado: foi tal e qual como um beberolas a chegar tarde a casa. Cambaleou da porta diretamente à sua cama e tombou para ressacar.


Não se preocupem, o cãozito está bem. Foi um acidente sem mais consequências que a lavagem do carro. Ah, e agora o meu pai mantém a garrafeira fechada à chave.


Se conduzir, não beba. 
Se apanhar medronhos, não leve o seu cão.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria das Palavras 27.11.2018

    Também fazia das suas, portanto :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Seguir no SAPO

    foto do autor

    Passatempos

    Ativos

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O meu mai'novo

    Escrevo pr'áqui







    blogging.pt

    Recomendado pela Zankyou

    Blogs Portugal

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D

    subscrever feeds